Toda nova ligação ou alteração de carga com fornecimento de energia elétrica em média ou alta tensão é realizada em diversas etapas de acordo com os prazos estabelecidos pela Resolução Normativa nº 414, de 9 de setembro de 2010, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

A primeira etapa é a análise de viabilidade técnica, que é o estudo necessário para a verificação da disponibilidade da rede para atendimento aos novos consumidores ou ao acréscimo de demanda contratada. O estudo possui validade de 180 (cento e oitenta) dias, contados após sua emissão e dever ser solicitado quando:

• Ligação de nova unidade com demanda superior à 200kW;
• Alteração de potência da subestação com aumento de demanda, desde que o acréscimo seja superior à 200kW.

Caso a unidade consumidora em questão se enquadre em uma das opções, favor solicitar a consulta de Disponibilidade de energia.

Após esta verificação, o cliente deverá apresentação do projeto elétrico da sua subestação, elaborado de acordo com a norma para Fornecimento de Energia Elétrica em Média Tensão de Distribuição a Edificações Individuais, NOR.DISTRIBU-ENGE-0023. Clique aqui e conheça nossos normativos.

O projeto elétrico deverá conter:

• Carta de disponibilidade de energia fornercida pela COSERN​, caso necessário; 
• Carta de solicitação de análise de projeto, preenchida e assinada, conforme modelo COSERN; 
• Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de projeto, quitada e assinada pelo profissional e contratante, com descrição da atividade técnica correspondente;
• Projeto completo do sistema de aterramento, quando a potência instalada em transformadores for igual ou superior a 1.000 kVA, bem como a ART com descrição da atividade técnica específica;
• Termo de intenção de transferência de rede, caso se aplique;
• Certificado de Licença Ambiental, quando a edificação estiver situada em área de proteção ambiental ou a legislação exigir;
• Plantas do projeto assinadas;
• Memorial descritivo do projeto, com:
        - Cálculo de demanda;
        - Cálculo de proteção em média tensão (Caso se aplique);
        - Cálculo de queda de tensão (Caso se aplique).

Caso a potência da SE seja superior a 300 kVA ou quando existir disjuntor na média tensão, será necessário apresentar o Estudo de proteção e seletividade, através do formulário Estudo de Proteção.
 
Após a apresentação do projeto elétrico, a Celpe analisará no prazo máximo de 30 (trinta) dias e informará ao interessado o resultado da análise, com eventuais ressalvas e, quando for o caso, os respectivos motivos de reprovação e as providências corretivas necessárias. Ressaltamos que o prazo de análise do projeto elétrico fica suspenso, caso o interessado não apresente as informações solicitadas pela distribuidora. 

Como Solicitar
1) Acesse: 
               - Ligação Nova, ou
               - Ligação Existente;
2) Informe os dados necessários para solicitação (Conta Contrato ou CNPJ);
3) Detalhe a solicitação;
4) Anexe a documentação necessária;
5) Leia e confirme o Termo de Aceite;
6) Após o envio da solicitação, será gerado um número de protocolo;
7) A resposta desta solicitação será enviada para o e-mail cadastrado em seu usuário.

Fique Atento
A validade da aprovação do projeto é de 36 (trinta e seis) meses contados da data da aprovação pela COSERN, ressalvada as modificações impostas pela legislação em vigor. 

Quaisquer alterações que se fizerem necessárias, após a liberação do projeto, não devem ser executadas sem que sejam analisadas pela Celpe. Também, quaisquer modificações nas características da proteção e seus equipamentos, incluindo alterações de marca/modelo de relé, exigem a reapresentação do estudo de proteção, estendendo a necessidade de aprovação deste novo estudo antes da ligação.